GOVERNO PROMOVE GENOCÍDIO NO BRASIL - GUARANI-KAIOWÁS

Compartilhe...

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

GUARANI-KAIOWÁS E OUTRAS ETNIAS ESTÃO EM GUERRA CONTRA ESSE GOVERNO NEFASTO.
2 GUARANI KAIOWÁ EM GUERRA

MORTES ANUNCIADAS PELO GOVERNO DILMA QUE USA SEU MINISTRO DA JUSTIÇA COMO ESCUDO.

Guerra e morte anunciada em terras de Mato Grosso do Sul e em muitas outras regiões do país. Os conflitos onde os índios não têm solução de homologação de suas terras começam a dar as respostas não obtidas apesar das muitas vezes em que estiveram em Brasília.
Agora o que está em discussão é o plano do Foro de São Paulo (Dilma / Lula / FHC), usando o gramscismo como arma para que a população brasileira fique perplexa de ambos os lados em conflito. A insegurança jurídica é um farto preponderante nessas análises na qual, há décadas, vive o país.

O governo sabe disso muito bem e usa as revoltas dos indígenas para fomentar mais ainda esse caos onde índios, fazendeiros, posseiros e grileiros fazem o jogo que o governo quer. Eles não têm a solução sensata e justa para quem quer que seja, as comunidades indígenas não são os culpados.

Veja essa declaração:

Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo da Folha de São Paulo, a Ministra Katia Abreu disse que as demarcações estão paradas e continuarão paradas. “Não sai mais nada do jeito que está”. A essa  presidente, com dentes da personagem principal da estória de Mauricio de Souza, perguntamos: “Que tipo de coelhinha pensa usar essa tramóia com seu ministro da justiça consorciados com a rainha dos latifúndios? ”

 

ÍNDIO KATIA ABREU BARRA HOMOLOGAÇÕES

 

Lideranças indígenas, não se deixem ser manipulados por esse governo sórdido, e que apenas irá usá-los como pretexto de que vocês são os bandidos e não que assim agem por justiça e por justiça de direito.


Em outro vídeo uma índia desesperada, moradora de Brasília, pede para que os movimentos sociais como o MST e outros bonzinhos também entrem nessa briga em nome dos índios para a segurança dos mesmos. Isso nada mais é do que jogar a culpa em quem não tem mais o que esperar desse falso governo e não estão nem aí para o genocídio que acontecerá com certeza, como fez Hitler, que matava seus próprios pares e culpava os mais fracos. Dilma está contando sua história por trás dessa obsessão do comunismo e matando pessoas inocentes.
 

Em agosto de 2013 várias lideranças estiveram em Brasília para essas reivindicações e o governo, por medo das manifestações de junho em todo Brasil e a futura eleição de 2014. Montou-se o circo da alegria e a própria presidente, em sinal de diálogo com a população brasileira, recebe as lideranças indígenas juntamente com o Ministro da Justiça Sr. José Eduardo Cardoso e o Ministro da Casa Civil Sr. Gilberto de Carvalho. As reivindicações entraram em um dos ouvidos e saiu pelo outro, e as lideranças indígenas mandadas de volta para suas comunidades em aviões da FAB.

 

DEMARCAÇÃO JÁ ÍNDIO


Em maio de 2015 novamente outras lideranças voltaram a Brasília para cobrar o prometido. O ministro culpa o judiciário pela demora, o que não é verdade conforme a frase da Sra. Kátia Abreu, pois em 2013 já havia em seu gabinete, ou até em sua gaveta, 21 processos de terras demarcadas e livres de quaisquer pendências administrativas ou judiciais. A Sra. Dilma não assinou porque não quis e não quer. Era assinar num dia e no outro poderia estar sendo publicado no Diário Oficial da União, como afirmou o indigenista ex-presidente da FUNAI e instituidor do ISA – Instituto Sócio Ambiental Márcio Santelli ao jornal Folha de São Paulo. – Hoje com certeza não estaria nessa problemática.
 

ÍNDIOS COM O MINISTRO DA JUSTIÇA

 

- Dezoito lideranças em maio de 2015 pediram para discutir com o governo, onde novamente ouviram mentiras do Sr. ministro, o qual negou-se a assinar 11 portarias de áreas que precisam seguir para homologação pela presidente Dilma Rousseff (PT). O ministro novamente negou, os líderes saíram da reunião e enviaram o recado registrado novamente na Folha de São Paulo: - “Estamos em guerra e muitos fazendeiros irão morrer por culpa dele (ministro da justiça)” que obviamente quer ver o circo pegar fogo e está morrendo de rir com tal situação juntamente com a sra. presidente.


É lógico que os indígenas têm razão, dos 817.693 índios brasileiros, (0,21% da população do país) de diversas etnias reivindicam a demarcação das terras às quais têm direito, de acordo com estudos antropológicos feitos nessas áreas a pedido do governo federal que comprovaram que as terras pertenceram aos ancestrais deles.


Por outro lado, vários fazendeiros comprovam que foram assentados pelo próprio governo pela reforma agrária e exibem títulos da terra. Outros são grileiros e assim por diante, pois vários cartórios registram 5 ou mais títulos de uma só terra, formando assim uma situação difícil para que se faça justiça a uma sociedade que produz em torno de uma cidade e escoa sua produção e receberam convites desse governo e de governos passados. Eles, os governantes, não fazem justiça das injustiças com seu próprio povo, seja branco ou índio.


 

ÍNDIO FAZENDEIRO MOSTRA TÍTULO DE TERRA

 

O país está falido por um péssimo governo que gasta mais do que arrecada e pela corrupção que assola em mega contratos tanto em território nacional como internacional, passando pelo BNDES. Hoje a Polícia Federal há de prender os ladrões de galinhas que são os diretores das estatais, como também os grandes que intermediaram com os presidentes de outros países em contratos que não cumpriram como manda a lei.


Como então o governo irá obedecer a Constituição Federal que diz que os índios têm, sim, direito às terras tradicionais, cujo orçamento, conforme sua apresentação para 2016, já tem um rombo de 30 bilhões, onde os parlamentares dizem que ultrapassa dos 70 bilhões? Como indenizar esses fazendeiros quando isso não está na contabilidade de 2016? Como então resolver essa questão sem mortes? Não que não seja possível e exequível; é o que eles (governo) querem mesmo. Mortes no campo e depois nos centros urbanos para dar o golpe fatal da tomada do comunismo no Brasil. Só não enxerga quem se faz de cego, pois um cidadão com deficiência visual enxerga muito mais, pois tem inteligência.


Então, os proprietários não sairão de “suas propriedades” e vão recorrer à justiça ou à bala, como já está ocorrendo, para permanecerem em suas terras. Por sua vez, os índios vivem em áreas diminutas e improvisadas, onde não podem produzir ou viver com a dignidade que lhes é peculiar, sofrendo espancamentos, estupros de índias inocentes, incêndios noturnos por capangas, para que também saiam dessas áreas. Desde 2003, 563 índios foram assassinados, e nessas duas semanas foram mortos mais 3 índios, dentre eles uma criança, conforme relatou em sua matéria publicada em nosso portal e vários blogs e revistas a nossa coordenadora regional de São Paulo – Maria Villas Bôas. Hoje dia 04, ela informa que são 8 mortos, fora os que estão desaparecidos. Muita gente ferida, crianças famintas, grávidas e não grávidas que foram amarradas e torturadas por horas.
-  Nós dizemos: BASTA de opressão e humilhação!
 
A isso chamamos de início de uma guerra civil de fato e declarada. Primeiro será no campo, longe dos grandes centros urbanos. Depois, seremos nós.  

Ou criamos coragem e postulamos com uma INTERVENÇÃO POPULAR URGENTE e ganhamos essa queda de braço contra esse comunismo anunciado ou seremos vítimas dessa escória.


 

Paulo VILLAS BÔAS 6

VILLAS-BÔAS Paulo Celso
Presidente da Expedição e Fundação VILLAS-BÔAS


Fontes:

http://www.valor.com.br/politica/3567454/indios-protestam-em-brasilia-e-pedem-audiencia-com-cardozo

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/08/1330867-governo-usa-justica-como-desculpa-para-justificar-omissao-diz-especialista.shtml

http://www.mda.gov.br/sitemda/secretaria/serfal/apresenta%C3%A7%C3%A3o

http://www.axa.org.br/2014/08/programa-terra-legal-pretende-expedir-400-titulos-em-mato-grosso/

http://www.cartacapital.com.br/sustentabilidade/metade-dos-documentos-de-posse-de-terra-no-brasil-e-ilegal-7116.html

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/01/1570557-nao-existe-mais-latifundio-no-brasil-diz-nova-ministra-da-agricultura.shtml

http://www.questaoindigena.org/2015/01/nao-sai-mais-nada-do-jeito-que-esta-diz.html

http://brasil.elpais.com/brasil/2014/06/15/politica/1402787022_962819.html

Compartilhe...

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

ImprimirE-mail

Sangues de GuaranisKaiowás novamente são‘derramados’ em terra sem lei!

Compartilhe...

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Sangues de GuaranisKaiowás novamente são‘derramados’ em terra sem lei!

1 MARIA VILLAS BÔAS coordenadora FVB

Maria Villas Bôas
Coordenadora Estadual da Fundação VILLAS-BÔAS
Natural: Ibirarema/SP.

 

         No município de Antônio João em Mato Grosso do Sul a 402 km de Campo Grande, cerca de 300 guaranis Kaiowás foram atacados nesse ultimo sábado (29/08/15) por duzentos pistoleiros, que chegaram em dez caminhonetes atirando e impondo horror e desespero a todos, inclusive às crianças indígenas.

         Segundo a reportagem local, três índios foram assassinados, um bebê de apenas um ano de idade levou um tiro de borracha na cabeça, várias mulheres da etnia foram amarradas, torturadas e vários outros indígenas estão feridos.

os indios guaranis kaiowas vivem em aldeias superlotadas e reclamam que o unico cemiterio do local nao tem manutencao o uol visita a aldeia dos indios que estao isolados no mato grosso do sul 1352126242683 956x500

 

         A tristeza dos sobreviventes é absoluta. Estão sem alimentos e acuados sem acesso a nada, inclusive, muitas crianças estão extremamente famintas e aterrorizadas pelo que presenciaram. Na verdade nossos indígenas estão sofrendo genocídio e etnocídio ao longo de muitos anos concordam?

         Para tentar se justificar por mais um ataque brutal, ‘forçam’ boatos que os índios estavam ameaçando os fazendeiros, porém a reportagem local desmente essa versão.

         O DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e a Força Nacional estavam no local depois das crueldades ocorridas, mas, e quando pararem de fazer essa ‘segurança’, nossos indígenas estarão seguros e com seus direitos garantidos?

         Sabemos que o motivo de tanta agressão e violência contra os Guaranis Kaiowás vem acontecendo há muito anos e sempre os fazendeiros acabam ‘levando vantagens’. Existe uma área de 9.300 hectares chamada de terra indígena NhanderuMarangatu, reivindicada por esses indígenas, a qual já foi homologada em 2005 pelo ex-presidente Lula, mas o então Nelson Jobin, que na época era Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) anulou esse ato por solicitação unânime dos ruralistas.

         Fica evidente que em Mato Grosso do Sul existe atitudes paramilitares, com o objetivo em manter conflitos fundiários até dizimarem os povos originários e com isso continuarem fazendo suas invasões e explorações nas terras indígenas.

indios guarani kaiowa veja

 

         Segundo o antropólogo Spensy Pimentel conforme levantamento feito e divulgadopelo CIMI (Conselho Indígena Missionário), ele afirma que acontece mais violência e assassinatos no Mato Grosso do Sul do que em todo o Brasil onde muitas lideranças já foram mortas. Mais de 45 mil indígenas vivem em extrema miséria onde 80% das famílias tem uma simples cesta básica. Mas por que ocorre isso? Ocorre, pelo fato deles serem impedidos de plantarem em suas próprias terras as quais foram tomadas, pescarem em seus rios, ou seja, viverem de forma digna como cidadãos valorizados e respeitados, o qual todos têm direito.

         Diante de situações tão graves, a pergunta que não quer calar é: Até quando acontecerá esse mesmo cenário e o governo continuará fazendo uso de indiferença e descaso não só aos indígenas Guaranís Kaiowás, porém a todos os povos indígenas do Brasil? Mais de 17 processos de demarcação estão finalizados e regularizados, aguardando apenas a assinatura da presidenta Dilma Roussef, segundo o CIMI, mas qual o porquê da presidenta não assinar?

Faz três meses que representantes do governo federal e lideranças indígenas se reuniram com o objetivo de buscar soluções para a pacificação de Mato Grosso do Sul, porém mais uma vez a comunidade é violentamente atacada. As (Atyguasu) assembléias organizadas pelos índios têm cobrado; incessantemente as identificações das suas áreas indígenas para que elas sejam desocupadas, mas a situação continua a mesma, nada é feito, nada muda!

Um dos motivos de tantas barbáries que já aconteceram e continuam acontecendo é a indecisão judicial e sua lentidão em tomadas de atitudes concretas, porque se atitudes firmes e verdadeiras não forem tomadas com urgência, essas tensões entre fazendeiros e indígenas continuarão.

         Se o Estatuto dos Povos Indígenas é legitimado, por que não tem sido cumprido e respeitado? O artigo 231 da Constituição Federal deixou de valer?

         O Povo brasileiro ‘cobra’ respostas!!!

        

Compartilhe...

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

ImprimirE-mail

QUAL A DIFERENÇA ENTRE VÍCIOS LÍCITOS E ILÍCITOS?

Compartilhe...

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

HOJE 29 DE AGOSTO DIA NACIONAL DE COMBATE AO TABAGISMO.

LIBERAÇÃO DA MACONHA


QUAL A DIFERENÇA ENTRE VÍCIOS LÍCITOS E ILÍCITOS?

Eu respondo:

NENHUMA!!

<<<<<>>>>>>>

DROGA É DROGA.

Na boca de maconheiro é rápido.

ÁLCOOL É PIOR QUE MACONHA.

<<<<<<<<<>>>>>>>>>

DROGA É UMA DROGA. - NÃO UTILIZE

<<<<<<>>>>>>>

O maconheiro confunde a erva medicinal do uso para recreação.

Medíocres que idolatram FHC.

Defensores do uso recreativo e portador para consumo da erva diz que é um problema pessoal, e compara se ele quer se mutilar é um problema somente dele é ele que está fazendo o ato, por isso que devem descriminar o viciado.

Eu respondo de novo:

NÃO!!!

Doe também na família, a família também sofre principalmente os pais desse imbecil que se mutila pelo consumo ou por se cortar.

<<<<<<<>>>>>>>>

Qual a diferença da maconha, cigarro ou álcool ou mesmo remédios de tarjas pretas?

Nenhuma!!! nenhuma mesmo!!!

 

Vejam:

 

Álcool mata 3,3 milhões de pessoas a cada ano

O álcool mata a cada ano 3,3 milhões de pessoas (uma em cada 20 mortes), mais do que a Aids, a tuberculose e a violência juntos, advertiu nesta segunda-feira (12) a ONU, que teme um agravamento da situação.

Mais de 200 doenças estão ligadas ao consumo de álcool, de acordo com um relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde), uma agência da ONU.

Em 2012, o uso nocivo do álcool matou 3,3 milhões de pessoas em todo o mundo, contra 2,5 milhões em 2005, segundo a OMS, que lamenta a falta de ação por parte das autoridades durante este período.

"Dado o crescimento da população no mundo e o aumento esperado do consumo de álcool, o fardo das doenças atribuídas ao álcool pode aumentar, caso novas políticas de prevenção não sejam implementadas", alertou o diretor-geral adjunto do grupo de Doenças Não Transmissíveis da OMS, Oleg Chestnov.

http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/afp/2014/05/13/alcool-mata-33-milhoes-de-pessoas-a-cada-ano.htm

ALCOÓLATRA

 

De gole em gole Duas latinhas de cerveja já provocam os primeiros sintomas no cérebro

Levamos uma hora para processar 14 mg de álcool, o equivalente a:

350 ml de cerveja ou

150 ml de vinho ou

40 ml de uísque

QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE (Miligramas de álcool por decilitro de sangue) - 30 mg

EFEITOS NO CORPO - Sensação de euforia e excitação. São os primeiros efeitos no cérebro

QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE (Miligramas de álcool por decilitro de sangue) - 50 mg

EFEITOS NO CORPO - Redução da coordenação motora e alteração de humor. É o início da fase 2 de ação no cérebro

QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE (Miligramas de álcool por decilitro de sangue) - 60 mg

EFEITOS NO CORPO - No Brasil, é proibido dirigir acima desse limite de álcool no organismo

QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE (Miligramas de álcool por decilitro de sangue) - 100 mg

EFEITOS NO CORPO - Diminuição da concentração, piora dos reflexos e perda de equilíbrio

QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE (Miligramas de álcool por decilitro de sangue) - 200 mg

EFEITOS NO CORPO - Náusea e vômitos - olha o estômago se "irritando"... Fala arrastada e visão dupla

QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE (Miligramas de álcool por decilitro de sangue) - 300 mg

EFEITOS NO CORPO - Sensação de anestesia, lapsos de memória e sonolência

QUANTIDADE DE ÁLCOOL NO SANGUE (Miligramas de álcool por decilitro de sangue) - 400 mg

EFEITOS NO CORPO - Insuficiência respiratória, coma e até possibilidade de morte

Fonte: http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-o-alcool-age-no-corpo

 

<<<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>

 

Cigarro mata 2 mil pessoas todo ano no DF, diz Secretaria de Saúde

Índice de fumantes caiu, mas ainda representa 10% da população.

Entidades estiveram na Câmara para pedir ações contra tabagismo.

Dados da Secretaria de Saúde do Distrito Federal mostram que que o número de fumantes na capital passou de 10,7% para 10% entre 2012 e 2015. O índice atual corresponde a 300 mil pessoas. Segundo a pasta, 2 mil pessoas morrem todos os anos no DF por doenças causadas pelo cigarro.

http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2015/08/cigarro-mata-2-mil-pessoas-todo-ano-no-df-diz-secretaria-de-saude.html

FUMANTE E NÃO FUMANTE

 

FUMAR PROVOCA:

- Redução do colesterol (HDL)

- Redução da liberação do oxigênio para os tecidos.

- Aumento da acidez do estômago.

- Irritação e inflamação de olhos, garganta e vias aéreas.

- Aumento da produção de radicais livres que lesam as células.

- Aceleração da arteriosclerose.

 

FUMAR AUMENTA:

- A pressão arterial.

- A freqüência cardíaca.

- O risco de doenças das coronárias, como angina do peito e infarto do miocárdio.

- O risco de má circulação nas pernas.

- O risco de impotência sexual.

 

Quem fuma corre três vezes mais risco de morrer de infarto (em homens com menos de 55 anos) e dez vezes maior risco de trombo embolia venosa e infarto (em mulheres que tomam anticoncepcionais)

 

DOENÇAS CEREBROVASCULARES:

Fumar triplica o risco de derrame cerebral (acidente vascular cerebral), sendo o hábito responsável por 25% das decorrências da doença.

 

 

<<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>

 

Decisão do STF sobre porte de droga terá 'repercussão geral'

Supremo começa a julgar nesta quinta descriminalização da posse.

Decisão poderá acabar com punição penal para usuários de maconha.

 

O Supremo Tribunal Federal deverá começar a decidir na tarde desta quinta-feira (13) se o porte de drogas para consumo pessoal deve continuar sendo um crime no Brasil. A decisão terá "repercussão geral", ou seja, terá de ser adotada em casos semelhantes nas instâncias inferiores do Judiciário (leia mais abaixo).

http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/08/decisao-do-stf-sobre-porte-de-droga-tera-repercussao-geral.html

 

tarso genro maconheiro

PRODUTO QUE LHE DÁ HONRA: Ser pai da Sra. Luciana Genro.

 

Dados cientificamente colhidos sobre os consumidores regulares de maconha:


– Têm duas vezes mais risco de sofrer de depressão;

– Têm duas vezes mais risco de desenvolver distúrbio bipolar;

– É 3,5 vezes maior a incidência de esquizofrenia;

– O risco de transtornos de ansiedade é cinco vezes maior;

– 60% dos usuários têm dificuldades com a memória recente;

– 40% têm dificuldades de ler um texto longo;

– 40% não conseguem planejar atividades de maneira eficiente e rápida;

– Têm oito pontos a menos nos testes de QI;

– 35% ocupam cargos abaixo de sua capacidade

- 100% deles defendem a descriminação…

 

<<<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>

REMÉDIOS TARJA PRETAS

DOR:
- Com os parentes ou não que nos deixaram desse plano terreno para o espiritual, onde ficamos perplexos e arrasados por não termos a capacidade de “entender os pedidos de socorro”, “porque não queriam perder suas vidas” e aí se vê que não somos nada! Somos um grão de areia agindo para ser feliz e fazer as pessoas felizes, enquanto, ao contrário, as pessoas somente enxergam seus umbigos. Por outro lado não vê saída e entra em desespero. Em filosofias onde em sentimentos individuais não entendemos o porquê da perturbação mental, pois é um processo individual, chegam até a tomar remédios fortes. A economia selvagem corrói qualquer um e a dor é algo inexplicável, chegando assim aos extremos. Para sermos felizes temos que nos amar e assim, centrado nesse narcisismo, teremos a capacidade de amarmos o próximo ou até uma nação. Se não nos amamos, como poderemos amar o próximo ou socorrer a quem nos pede socorro? Hoje foram eles, amanhã poderá ser eu, com essa loucura dos tempos que vivemos hoje.

rivotril mafioso          RIVOTRIL

 

<<<<<<<<<<<<>>>>>>>>>>>>>

VICIADOS NO FUMO LÍCITO E O MACONHEIRO ILÍCITO

DOR:
- Não podendo salvar as pessoas próximas com drogas lícitas e, pior, com as ilícitas, pessoas estas mais próximas que se possa imaginar, nos chamando de antiquado, intolerante, em suas recreações às escondidas de uma felicidade que não existe na sociedade coerente e livre qual seja a droga, sem violência e discriminação do que querem, É o amor de uma família que é destruída, fragmentada, esfacelada e amordaçada pelas drogas. Antidemocrático, deixa também ser contra o que hoje banalizaram, e não dando oportunidade para também expressarmos o que pensamos. Isso não pode der chamado de democracia se não houver o direito do contra ponto. Como salvar então os outros se não salvamos a nós mesmos e a nossa família, por respeitar o livre arbítrio de cada um? A ordem dos valores foi alterada nesse mundo, e no nosso Brasil. Temos que ficar calados. Tudo é motivo de discriminação. Direitos Humanos? De quem? Para quem?

QUAL A DIFERENÇA ENTRE VÍCIOS LÍCITOS E ILÍCITOS?

Eu respondo:

NENHUMA!!

DROGA É UMA DROGA.
 

Paulo VILLAS BÔAS 6

VILLAS-BÔAS Paulo Celso

Presidente da Expedição e Fundação VILLAS-BÔAS

Compartilhe...

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

ImprimirE-mail

Mais artigos...